Áudio - Primeiro discurso de Tarcísio Burity na Câmara: "A questão nordestina é eminentemente política"



26 de maio de 1983. Primeiro discurso do ex-governador paraibano Tarcísio de Miranda Burity na Câmara dos Deputados, para onde foi eleito pelo PDS com uma votação consagradora, mais de 173 mil votos (para que se tenha uma ideia, o segundo colocado, João Agripino Filho, obteve pouco menos de 86 mil sufrágios).

Tema do discurso, conforme síntese disponibilizada pela própria Câmara dos Deputados:

"Análise da questão nordestina. Os erros continuados da política econômica, financeira, tributária, fiscal e monetária para a região. A seca devastadora e cíclica. O abandono do Nordeste sintetizado por José Américo de Almeida no seu "A Paraíba e seus Problemas". Distorções que neutralizam o esforço desenvolvimentista, com destaque para a política tributária. Urgência de uma vontade nacional decidida a resolver os problemas nordestinos. A previsão das secas e a imprevidência nas palavras de Euclides da Cunha - "Contrastes e Confrontos". A luta no Conselho Deliberativo da SUDENE pelo tratamento diferenciado do Poder Central. O sofrimento do Nordeste em face da crise brasileira. A posição do trabalhador brasileiro ante a recessão econômica imposta pelo FMI. Necessidade do diálogo entre Oposição e Governo, em conciliação nacional, em defesa de soluções brasileiras para os problemas brasileiros".

Nenhum comentário

.