Tobias Di Pace morre aos 88 anos e imprensa campinense está mais uma vez de luto

A imprensa campinense está outra vez de luto. Morreu hoje (01) o ex-árbitro de futebol e jornalista esportivo Tobias Di Pace Maranhão, 88 anos. Natural de João Pessoa, Tobias chegou em Campina Grande no ano de 1931, com apenas cinco anos de idade, onde se profissionalizou e construiu família. Era neto de italianos, filho do casal Valerentino de Albuquerque Maranhão e Alice Di Pace.

Ele iniciou sua atividade com o desportista em Campina Grande no ano de 1965, passando a atuar como árbitro da Federação Paraibana de Futebol (FPF) e Liga Campinense de Futebol (LCF), com a carteira de identificação da categoria de número 27.

Tão logo deixou a carreira de árbitro, Tobias Di Pace passou a atuar no jornalismo esportivo. Também assumiu a direção do Departamento de Arbitragem da LCF, onde desenvolveu um excelente trabalho, principalmente no meio amador, com a criação da Copa Borborema, no ano de 1980.

Trabalhou nas rádios Cariri, Borborema e Caturité, Campina FM, Correio da Paraiba e Panorâmica, de Campina Grande, rádio Cacique, de Monteiro; rádio Cidade de Esperança. Durante 14 anos trabalhou no jornal Diário da Borborema. O velório acontece na sede da Associação Campinense de Imprensa (ACI) e o sepultamento ocorrerá logo mais às 16hs.

Fonte: A Palavra

Nenhum comentário

.