Prefeito Romero Rodrigues lamenta morte de Luciano Agra e decreta luto oficial


O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, decretou nesta quinta-feira, 11, luto oficial de três dias no Município por conta do falecimento, na noite desta quarta-feira, 10, do arquiteto, mestre em engenharia urbana, professor e ex-prefeito de João Pessoa Luciano Agra. Romero lamentou a morte de Agra e manifestou condolências à família do ex-prefeito.

O chefe do poder executivo municipal lembrou que Luciano Agra, que era natural de Campina Grande, ainda jovem colaborou com a PMCG na condição de arquiteto, e, além disso, este ano, esteve algumas vezes na cidade reunido com auxiliares do governo municipal para voluntariamente dar sua contribuição técnica como renomado urbanista ao projeto do Complexo Multimodal Aluízio Campos.

“A Paraíba perde uma figura humana muito querida, um arquiteto e urbanista muito respeitado, um gestor sério e competente e um político que dignificou a categoria. Resta-nos, nesse instante de tão profunda tristeza, lamentar o passamento de Luciano Agra e rogar a Deus para que traga conforto ao coração da família”, declarou o prefeito.

Romero Rodrigues ainda ressaltou as palavras de Luciano Agra no começo deste ano, quando, após conhecer detalhes do projeto do Complexo Aluízio Campos, o ex-prefeito pessoense afirmou que “a Paraíba ainda vai ter muito orgulho de mais essa contribuição da cidade para o estado” e se mostrou animado para dar sua contribuição ao projeto. “Apesar da interrupção abrupta e prematura da sua jornada, Luciano deu sua contribuição ao Aluízio Campos, que será sempre lembrada e reconhecida”, concluiu Romero.

Nenhum comentário

.