Campina Grande mais uma vez de luto: Morre o poeta Apolônio Cardoso

Apolônio ao lado do filho, Josué Cardoso

O ano de 2014 ainda não terminou e segue deixando um rosário de luto em Campina Grande. Nesta segunda-feira, 22, morreu o poeta, professor, advogado e ex-vereador Apolônio Cardoso, de 76 anos, completados no último dia 14. A notícia foi confirmada pelo filho do poeta, o jornalista Josué Cardoso, através das redes sociais. “Com a alma em pranto, comunico o falecimento do meu amado pai”, disse Josué.

Apolônio Cardoso foi internado um dia após seu aniversário, sendo diagnosticado com um quadro de edema pulmonar. Os filhos do poeta ainda chegaram a informar que ele estava “bem melhor”, mas, infelizmente, o quadro se agravou nesta segunda-feira. Informações sobre o velório e local de sepultamento deverão ser divulgadas dentro de instantes pela família.

Abaixo, o poema (musicado) Flor do Mucambo, um dos mais conhecidos de Apolônio Cardoso, ora postado como uma homenagem do blog ao poeta e sua família, com o desejo de que o Senhor Criador possa confortar os corações enlutados.


Nenhum comentário

.