Sem acordo, comércio não pode funcionar no feriado 15 de novembro, diz Sindicato dos Comerciários


Francinete Silva - Ascom

A abertura do comércio em Campina Grande no feriado 15 de novembro do corrente ano está comprometida, tendo em vista o não fechamento do acordo coletivo 2014-2015 dos comerciários, na reunião de negociação ocorrida na tarde desta sexta-feira, 07, na sede da Gerência Regional do Trabalho e Emprego (MPE).

Após quatro reuniões de negociação, três das quais mediadas pelo MTE, os sindicatos dos patrões e dos trabalhadores avançaram pouco nas cláusulas econômicas, sendo o principal impasse o entendimento no que diz respeito ao reajuste do piso salarial da categoria e a concessão do vale-refeição para os trabalhadores.

A proposta inicial do Sindicato dos Comerciários foi de um piso no valor de R$ 900, entretanto, na reunião desta tarde foi apresentada pela entidade dos trabalhadores uma contraproposta de R$ 845, mais o vale-refeição de R$ 6,00.

Os patrões, que radicalizaram quanto à concessão do vale-refeição, apresentaram como contraproposta para o piso o valor de R$ de 830, o que representa um aumento de 8,78%, não tendo sido aceita pelos trabalhadores, que têm data-base em primeiro de novembro.

Sem acordo, a assessoria jurídica do Sindicato dos Empregados no Comércio dará entrada no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), na próxima segunda-feira, 10, no dissídio coletivo, segundo o presidente da entidade sindical, José do Nascimento Coelho, a única alternativa que restou  para resolver as  questões que não puderam ser solucionadas pela negociação direta entre os representantes dos  trabalhadores e empregadores.

A reunião desta tarde foi considerada a mais tensa de todo o período de negociação. Estiveram defendendo os trabalhadores os advogados João Vicente Murineli  e Valdir Cassimiro. Reforçando as negociações, um representante do Diesse e o mediador do MTE. O sindicato patronal foi acompanhado pelo advogado Francisco Pedro.

MOVIMENTO PAREDISTA – Na próxima segunda-feira, 10, à noite, a diretoria do Sindicato dos Comerciários estará reunida para traçar estratégias de convocação da categoria ao movimento paredista, que deverá acontecer antes do feriado de 15 de novembro.

Além de um café da manhã, que será servido aos trabalhadores das Ruas Maciel Pinheiro e João Pessoa, ao longo da próxima semana, o sindicato da categoria está articulando uma caminhada pelas principais ruas da cidade, com a participação de todos os trabalhadores.

Nenhum comentário

.