Jornalismo

Profissional atuando desde 2008 no mercado, com passagem por todos os meios. Experiência, credibilidade e qualidade

Comunicação institucional

Profundo conhecimento da dinâmica e caminhos da comunicação institucional eficiente, quer no setor público, quer na esfera privada

Direito

Advogado com atuação na área cível em geral e foco em direito do consumidor, além de assessoria legislativa para supervisão e elaboração de projetos

Cursos online

Didática diferenciada, metodologia direta, clara e objetiva buscando a máxima eficiência do estudo

Blog

Cientistas da Universidade Federal de Campina Grande elaboram Atlas Eólico da Paraíba

Cientistas da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) acabam de finalizar um importante instrumento para a realização de investimentos no setor de geração de energia elétrica renovável no estado. O Atlas Eólico da Paraíba é resultado de um convênio firmado em 2009 entre a Eletrobras, Atecel e a UFCG com o objetivo de se elevar o conhecimento sobre as potencialidades de geração de energia elétrica a partir de ventos na Paraíba.

O reitor Edilson Amorim, que assinou o protocolo de colaboração para a produção do Atlas, disse estar orgulhoso com o estudo inédito e imprescindível  realizado pela UFCG, ressaltando o quanto é produtiva a parceria entre agências públicas voltadas para a busca do conhecimento e de seu aproveitamento social mais relevante e abrangente.

“De uma forma geral, o Atlas possibilita a compactação de informações estratégicas que permitem a divulgação do potencial dos recursos eólico, naturais e da infraestrutura do estado para recebimento de investimentos por parte de empresas e investidores do setor de geração de energia elétrica”, esclarece o professor Maurício Correa, coordenador-geral do projeto.

Segundo ele, o trabalho, realizado em parceria com a Chesf e o Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (Cepel), contou com a participação de pesquisadores da Unidade Acadêmica de Meteorologia, no mapeamento do potencial eólico a partir de ferramentas de simulação; da Unidade Acadêmica de Engenharia Elétrica, realizando estudos de viabilidade do sistema elétrico e processamento dos dados medidos; e da Unidade Acadêmica de Sistemas e Computação, no desenvolvimento de sistemas para acompanhamento remoto dos dados.

A tarefa inclui a instalação de seis torres anemométricas, distribuídas pelas mesorregiões do estado. “São unidades de monitoração com altura de 100 metros para coleta de informações sobre velocidade e direção do vento em três alturas diferentes, bem como temperatura e humidade”, explica o pesquisador, adiantando que o estudo leva em conta a sazonalidade, bem como o sistema elétrico existente na área, as vias de acesso disponíveis, áreas de preservação ou de reservas minerais, entre outros aspectos. O relatório final está sendo concluído e em breve deve ser encaminhado à Eletrobras.

Assessoria

Authorism Theme

Jornalismo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Comunicação

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Direito

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.!

Cursos

4th one time fitness expert, wellness writer, personal trainer, group ex health coach. I am advocates of everything good in the fitness industry and of the people who make it great!

Imagens de tema por richcano. Tecnologia do Blogger.