Escola municipal homenageia caminhoneiro que trouxe “Pioneiros” para Campina


A Mostra Pedagógica da Escola Municipal Alice Gaudêncio, localizada no bairro do Santo Antônio, comemorativa ao Sesquicentenário de emancipação política de Campina Grande e realizada nesta quarta-feira (15), prestou uma homenagem ao senhor José Firmino dos Santos, que foi o responsável pelo transporte, do Rio de Janeiro a Campina Grande, há cinquenta anos, das estátuas que compõem o monumento “Pioneiros da Borborema”.

O monumento, instalado às margens do Açude Velho na comemoração do centenário da cidade, é hoje um dos principais cartões postais de Campina Grande e uma espécie de imagem-símbolo da Rainha da Borborema. As estátuas homenageiam três figuras fundamentais à História do município: o índio, a catadora de algodão e o tropeiro.

Segundo seu José, transportar as três estátuas para Campina Grande foi um trabalho complicado, tendo o percurso entre o Rio de Janeiro e a cidade sido cumprido em doze dias, por conta do cuidado para não danificar a obra. Nesta quarta-feira, José Firmino dos Santos, hoje aposentado, se disse muito feliz com a homenagem feita pelas crianças. “Foram doze dias de viagem, muito trabalho para carregar e descarregar as estátuas, e agora vejo com alegria o trabalho realizado pela escola e o convite que recebi para ver as atividades realizadas pelos alunos”, comentou.

As crianças também homenagearam, durante a mostra, o oficineiro de dança do projeto “Mais Educação” Sérgio Nascimento. Os integrantes do programa desenvolveram o tema “Nossa Gente”. Sérgio também é artesão e o responsável pelo figurino do grupo de dança da escola. Ele também confeccionou o estandarte da escola.

Durante a mostra, os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer outros projetos desenvolvidos, como “Herança Indígena”, no qual os alunos resgataram a história dos índios Ariús, como viviam, os seus costumes e suas crenças. A Feira Central também esteve presente na mostra com um subtema, “As ervas também curam”. Ainda foram temas os projetos “A chegada do Trem” e “O Algodão”. Os temas foram trabalhados com os alunos, com visitas à feira e à Embrapa, além das pesquisas realizadas.

Fonte: Codecom

Nenhum comentário

.