Campina Grande promove na semana que vem o Dia Mundial sem Carro


Na próxima segunda-feira, dia 22, a cidade de Campina Grande participa mais uma vez do Dia Mundial sem Carro, movimento que começou em algumas cidades da Europa nos últimos anos do século 20, e desde então vem se espalhando pelo Brasil, ganhando a cada edição mais adesões nos estados da federação.
O Dia Mundial sem Carro é um manifesto que convida a sociedade para uma reflexão sobre os gigantescos problemas causados pelo uso intenso de automóveis como forma de deslocamento, sobretudo nos centros urbanos, e um estímulo ao uso de meios alternativos de modais, a exemplo da caminhada, da bicicleta e do ônibus. 

Além de órgãos da Prefeitura Municipal, instituições da sociedade civil que atuam em defesa da qualidade de vida e de melhores condições para a mobilidade urbana, estão incentivando o movimento em Campina Grande. É o caso do CTMU – Comitê Técnico de Mobilidade Urbana.

- A idéia do movimento é que as pessoas experimentem, pelo menos em um dia, formas alternativas de mobilidade, descobrindo que é possível se locomover pela cidade sem precisar exatamente do transporte individual, afirma Anchieta Bernardino coordenador do CTMU. 

Problemas de saúde causados pelos automóveis
Os malefícios causados pelo uso de automóveis são inúmeros e evidentes: poluição atmosférica e sonora, doenças respiratórias, sedentarismo, irritabilidade, perda de tempo em congestionamentos, acidentes, comprometimento de grande parte da renda das pessoas.

Além disso, as viagens de carro degradam a relação dos indivíduos com o espaço público, transformando a rua em um indesejável obstáculo a ser superado no deslocamento de um ponto a outro. Elas também significam um uso desproporcional das ruas, já que a imensa maioria dos carros leva apenas uma pessoa - o que é ainda mais grave em áreas densamente povoadas.

Assessoria

Nenhum comentário

.