Apresentador de TV de Pernambuco condenado por estupro é preso em Campina Grande


Foi preso em Campina Grande o radialista e apresentador de TV Denisson Oliveira Lima, de 48 anos, mais conhecido como Denny Oliveira, protagonista de um grande escândalo envolvendo a TV Jornal, do Recife. De acordo com a imprensa pernambucana, Denny chegou nesta quinta-feira (11) ao Centro de Observação e Triagem (Cotel), em Abreu e Lima.

Pesa contra Denny condenação a 15 anos de prisão por estupro e atentado violento ao pudor. O apresentador de programas de auditório foi condenado pela primeira vez em 2010, mas teve concedido o direito de recorrer em liberdade. Em 2011, a pena foi aumentada para mais de 24 anos, decisão revertida em 2012. Não foi informado desde quando o radialista estava foragido.

Uma coletiva de imprensa deverá ser concedida nesta sexta-feira pela polícia pernambucana, que dará detalhes da prisão. Denny começou a ser investigado em 2007, por acusações de estupro, atentado violento ao pudor e oferta de bebida alcoólica a menores de idade. Os crimes teriam sido praticados durante gravações de um programa de auditório. Outros funcionários da emissora também teriam sido envolvidos e condenados.

O condenado alega ser inocente e sua defesa garante que ele teria sido vítima de uma armação.

Nenhum comentário

.