Sete vereadores de Campina Grande disputam eleições para a ALPB


A disputa pela Assembleia Legislativa nas eleições deste ano terá quase um terço dos vereadores de Campina Grande como candidatos. Apesar das especulações sobre uma suposta desistência, o presidente da Câmara Municipal, Nelson Gomes Filho (PRP), registrou sua candidatura, que compõe a coligação “A força do trabalho 2”, que reúne PSB / DEM / PRTB / PDT / PRP e apoia a candidatura à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB).

O peemedebista Olimpio Oliveira também ingressou com registro junto à justiça eleitoral. Ele faz parte da coligação “Renovação de verdade”, que reúne PT e PMDB – caso, claro, a aliança entre os dois partidos seja confirmada pelo judiciário. Olimpio apoia a candidatura ao Governo do Estado do senador Vital do Rêgo Filho (PMDB).

Também está na disputa o vereador Napoleão Maracajá (PCdoB), pela coligação “A Força do Trabalho 4”, que reúne PSL / PC do B / PHS / PPL / PV e apoia Ricardo Coutinho. Inácio Falcão, do PTdoB, tenta mais uma vez chegar à Casa de Epitácio Pessoa, concorrendo na coligação “A vontade do povo III”, formada por PT do B / SD / PPS / PTN / PMN / PSDC / PRB, e que apoia, para o Palácio da Redenção, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

Dois tucanos integram a lista de vereadores campinenses candidatos, figurando na coligação “A vontade do povo II”, que reúne PSDB / PEN / PP / PR / PTB. Tovar Correia Lima e Bruno Cunha Lima disputam voto a voto, mas ambos apóiam a candidatura de Cássio.

A lista é fechada com a candidatura do vereador Rodrigo Ramos, que no ano passado trocou o PMN pelo Solidariedade. Rodrigo é aliado de primeira hora da família Vital do Rêgo, mas a coligação pela qual sairá candidato, “A vontade do povo III”, que reúne PT do B / SD / PPS / PTN / PMN / PSDC / PRB, apoia o senador do PSDB.

Nenhum comentário

.