Miguel Rodrigues visita abrigo de idosos e expõe lei que capacitará cuidadores


Nos dias de hoje, apesar das Leis que amparam os idosos, a exemplo da Lei Federal Nº 10.741, mais conhecida como o “Estatuto do Idoso”, pouco na Legislação local tem sido feito. Preocupado com esta ausência do Legislativo, e com a carência de profissionais especializados no acompanhamento diário dos idosos em abrigos ou residência, o vereador Professor Miguel Rodrigues (PPS) apresentou, e o prefeito Romero Rodrigues, acabou de sancionar, a Lei Municipal Nº 5.539/2014 que cria o Programa de Capacitação e Formação de Cuidadores de Idosos.

Tendo em vistas a importância, e a necessidade do mercado de trabalho em preparar e absolver este tipo de profissional, devido a grande procura, o próprio vereador Miguel Rodrigues, tomou a frente, e encampou uma pesquisa qualitativa com as instituições, para ouvir e encaminhar as propostas para a Secretaria Municipal de Saúde, órgão designado para preparação da referida Capacitação. No final de semana, munido da Lei Municipal Nº 5.539/2014, o professor Miguel, deu o primeiro passo e visitou o Instituto São Vicente de Paulo.

O Instituto que fica localizado as margens do Açude Velho, e tem mais de 75 anos de prestação de serviços nas áreas de cuidados com os idosos e da educação infantil, abriu suas portas, através da Diretora, Irmã Bernadete Rodrigues, para receber o vereador Miguel Rodrigues. Na oportunidade, o parlamentar destacou para a religiosa a importância da Lei, e se prontificou com a freira, de que viabilizará junto a Prefeitura, o mais breve possível, a formação de novos profissionais através do Programa de Capacitação e Formação de Cuidadores de Idosos.

Ao receber a Lei, das mãos do vereador Miguel Rodrigues, a Irmã Bernadete destacou a necessidade da instituição e da sociedade, em contratar profissionais preparados para esta função. “Será de fundamental ajuda, pois aqui no nossa instituição, preparamos as cuidadoras, mas, nem sempre são suficientes para a demanda da instituição, nem da sociedade, que em muitos casos recorrem ao nosso abrigo, para que indiquemos um profissional qualificado para tomar conta dos idosos que estão nas residências” destacou Irmã Bernadete.

Para Miguel, além do bem estar do Idoso, a Lei tem como objetivo criar novas vagas de trabalho. “Irei buscar parcerias com instituições, universidades e empresas, para que, o mais breve possível, a Secretaria de Saúde possa iniciar o treinamento da primeira turma, pois, a cada dia nos estarrecemos através da imprensa, com o crescimento de casos de agressão e maus tratos aos idosos, fato este que ocorre frequentemente independente da classe social” Lamentou Professor Miguel Rodrigues.

Fonte: Assessoria

Nenhum comentário

.