Em nota, presidente da CMCG classifica como calúnias declarações de colunista de portal pessoense


Segue texto divulgado pela assessoria do presidente da CMCG:

O objetivo desta, é afirmar e garantir veementemente que o presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, o vereador Nelson Gomes (PRP) nada tem a ver com as acusações inverídicas veiculadas pelo colunista do Portal Click PB, Clilson Júnior. Desta feita, segue os devidos esclarecimentos:

1.    Em tempo algum, o presidente da CMCG, Nelson Gomes participou de reuniões com quem quer que seja, em aberto ou nos bastidores, para articular quem o sucederia ou não a frente do poder Legislativo. Visto que esse é um direito garantido a todo parlamentar que se disponha a se candidatar;
2.    Menos ainda no que se refere a antecipação da eleição da mesa diretora. Fato este, diga-se de passagem, ocorrido em algumas das legislaturas passadas, não havendo nenhuma novidade nesse sentido e nenhuma irregularidade, conforme reza o Regimento Interno da CMCG;
3.    Nelson Gomes esteve à frente da presidência da CMCG durante três legislaturas e sempre se portou com lisura e ética, principalmente no que tange aos processos eleitorais ocorridos na Casa de Félix Araújo;
4.    Assim como não se opôs em nenhuma antecipação do processo eleitoral no Legislativo campinense, enquanto esteve à frente da presidência, ratifica que também não o fará agora;
5.    Sua atuação como presidente durante três legislaturas consecutivas, foi e continua sendo totalmente democrática e em consonância com o Regimento Interno da Casa. Sendo assim, não procede a informação de manobras ou posicionamentos contrários à posições dos demais parlamentares, desde que não infrinja as normas regimentais;
6.    Nelson Gomes ratifica também que todas as suas ações a frente do Poder Legislativo sempre foi e sempre será de caráter democrático. Por isso mesmo, reforça que qualquer dos parlamentares que compõem o Legislativo campinense tem total direito e dever de argumentar e contra argumentar o que lhe convém, sem nenhum receio de que seja impedido de fazê-lo;
7.    O presidente reforça ainda que o direito à se lançar candidato a presidente da CMCG é de todos e não apenas de um único parlamentar. A decisão compete a quem queira fazê-lo, tanto é que existe mais de um. E dentre os que se apresentam, os demais farão à sua escolha livre e democraticamente;
8.    Cabe ainda ao colunista se informar melhor quanto ao número de Câmaras Legislativas no estado da Paraíba que procedem da mesma maneira, no que se refere a antecipação do processo eleitoral, não sendo Campina Grande a pioneira;
9.    Por fim, feito os devidos esclarecimentos sobre as inverdades publicadas pelo colunista, peço gentilmente o restabelecimento da verdade, bem como a veiculação desta nota como forma de retratação.

Muito Obrigado,
Nelson Gomes
Presidente da CMCG

Nenhum comentário

.