Facebook

header ads

Vinda de Ricardo a CG amplia expectativa de nomeação de Cassiano para a Interiorização

Conversa em particular durante almoço em CG. IMAGEM: MARCONI TENÓRIO

Acompanhado de assessores, o governador Ricardo Coutinho esteve mais uma vez em Campina Grande nesta terça-feira, 11, para vistoriar obras. Um ônibus foi disponibilizado para que a imprensa pudesse acompanhar o chefe do poder executivo estadual. Mas, a companhia que chamou mesmo a atenção foi a do ex-vereador Cassiano Pascoal.

Ex-peemedebista, filho da prefeitável do PMDB nas eleições de 2012, Cassiano foi chefe de gabinete e homem de confiança do ex-prefeito Veneziano Vital do Rêgo. No último pleito municipal, foi objeto da indignação de aliados de Veneziano que disputavam as eleições para a Câmara Municipal e reclamavam que o jovem vereador seria privilegiado pelo Palácio do Bispo na corrida por uma das 23 vagas da Casa de Félix Araújo, mas Cassiano acabou não se reelegendo.

De lá para cá, o ex-vereador voltou à mídia quando causou perplexidade em todo o estado ao fazer gravíssimas acusações contra ex-auxiliares da gestão Veneziano. Depois, Cassiano Pascoal voltou ao seu antigo partido, o PSL, atendendo a convite do polêmico deputado estadual Tião Gomes, mandachuva da legenda. Logo surgiram as primeiras especulações – óbvias, por sinal – de sua aproximação com Ricardo Coutinho.

Especulações que ganharam contornos de realidade com a mais recente estada do socialista em Campina Grande e a conversa que os dois tiveram em um restaurante da cidade. A possível nomeação do jovem que foi homem de confiança do ex-prefeito Veneziano não deverá ser bem digerida pelo núcleo reguista do PMDB. Não é difícil, portanto, que os transtornos que Cassiano Pascoal deixou de sofrer após as impressionantes denúncias que fez acabem surgindo agora, caso o jovem ex-vereador ascenda mesmo à Secretaria de Interiorização.

Postar um comentário

0 Comentários