Jornalismo

Profissional atuando desde 2008 no mercado, com passagem por todos os meios. Experiência, credibilidade e qualidade

Comunicação institucional

Profundo conhecimento da dinâmica e caminhos da comunicação institucional eficiente, quer no setor público, quer na esfera privada

Direito

Advogado com atuação na área cível em geral e foco em direito do consumidor, além de assessoria legislativa para supervisão e elaboração de projetos

Cursos online

Didática diferenciada, metodologia direta, clara e objetiva buscando a máxima eficiência do estudo

Blog

Nelson e Napoleão protagonizam violento bate-boca durante sessão desta quarta na Câmara Municipal

A sessão ordinária desta quarta-feira, 16, na Câmara Municipal de Campina Grande acabou marcada por um bate-boca muito violento entre os vereadores Napoleão Maracajá (PC do B) e Nelson Gomes Filho (PRP), presidente do poder legislativo, com participação de Pimentel Filho (PROS).

Tudo começou quando Napoleão reclamou porque Nelson teria se recusado a deixá-lo se pronunciar na sessão do dia anterior, quando o prefeito Romero Rodrigues esteve na Casa, assinando ordens de serviço e projetos que deverão ser apreciados pelo poder legislativo. O vereador do PC do B queria se contrapor ao prefeito.

“Ontem (Nelson) cassou a minha fala. Vossa excelência não tem o direito, não tem a prerrogativa de cassar a palavra de parlamentar nenhum. Vossa excelência faltou com o respeito não ao parlamentar Napoleão Maracajá, mas aos professores e todos aqueles que queriam ouvir de nós uma fala alusiva a tudo o que foi falado ontem”, disse Napoleão.

E ele complementou, batendo pesado. “Vai aqui o meu repúdio à sua prática autoritária de ontem, vossa excelência não tem a prerrogativa de cessar a voz de vereador, até porque isso nem regimental é”, concluiu. Houve, em seguida, bate-boca entre os dois e Nelson, transtornado, acabou saindo do plenário. Mas, voltou e rebateu o colega.

“Houve um acordo, que não é regimental, para que cada vereador tivesse a palavra por dois minutos. Mas, o primeiro-secretário Pimentel Filho, o vice-presidente Murilo Galdino e a líder da bancada majoritária Ivonete Ludgério acordaram que não seria permitido, porque em sessão especial não é regimental”, justificou Nelson.

Depois, o presidente subiu o tom. “Prefiro sair daqui e deixar meu mandato. Mas, não levo um desaforo para casa. Se o senhor me respeitar, eu lhe respeitarei. Mas, saiba que o único homem de quem tive medo na vida foi do meu pai, e hoje só temo a Jesus Cristo. Não levo desaforo para casa”, completou.

Pimentel Filho, por sua vez, acusou Napoleão de burlar a fila de pronunciamentos no pequeno expediente, assinando para ser o terceiro, quando o espaço para o primeiro e o segundo oradores não estava ainda preenchido. A prática, por sinal, é comum na Câmara Municipal.

3 comentários:

Anônimo disse...

Napoleão o novo João Dantas, ridiculo.

Anônimo disse...

Napoleão é de luta! defende o povo, sendo assim, incomoda muita gente nessa Camara pelega que temos!

Anônimo disse...

Napoleão, um porta-voz do povo que querem calar! Ridícula é a atitude dessa direita SUJA que está fazendo FEDER a câmara!!

Authorism Theme

Jornalismo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Comunicação

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Direito

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.!

Cursos

4th one time fitness expert, wellness writer, personal trainer, group ex health coach. I am advocates of everything good in the fitness industry and of the people who make it great!

Imagens de tema por richcano. Tecnologia do Blogger.