Por telefone, Eduardo Campos avisa a Lula que PSB entregará cargos. Dilma receberá carta


O governador de Pernambuco e potencial candidato à Presidência pelo PSB, Eduardo Campos, comunicou nesta terça-feira (17) ao ex-presidente Lula que o partido entregará os cargos que ocupa no primeiro e nos demais escalões do governo Dilma Rousseff.

A decisão será formalizada em carta a ser aprovada pela Executiva Nacional do partido na manhã de quarta-feira. Eduardo Campos espera ter audiência com Dilma ainda na quarta para entregar pessoalmente a carta a ela.

Na conversa telefônica com Lula, Campos explicou as circunstâncias que levavam o partido a precipitar sua saída do governo. O ex-presidente disse que entendia, mas pediu que mantenham a relação e o diálogo.

Na reunião prévia que decidiu pelo desembarque do governo, líderes pessebistas se queixaram de ser submetidos a ''constrangimentos'' da parte do PT e do PMDB, principais partidos da aliança dilmista.

Embora seja o sinal mais claro até aqui de que Eduardo Campos deve disputar a Presidência, o desembarque do PSB do governo não implica em rompimento com Dilma. O partido deverá continuar votando a favor do governo no Congresso. 

Fonte: Folha

Nenhum comentário

.