Moacir Rodrigues deixa o PSDB e deve se filiar ao PC do B para sair candidato a deputado federal

O secretário adjunto da Interiorização do Governo do Estado, Moacir Rodrigues, já teria encaminhado ao Tribunal Regional Eleitoral a formalização do seu desligamento do PSDB. O prazo para troca de partidos, para quem pretende concorrer nas eleições do ano que vem, termina no próximo dia 05 de outubro. Moacir deverá ser candidato a deputado federal.

O secretário, que é irmão do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, não anunciou publicamente, mas seu destino mais provável é o PC do B. No início do ano, Moacir confirmou que não pretendia continua no ninho tucano e avisou que deveria migrar para uma legenda da base do Governo Federal.

Além do PC do B, chegou-se a especular que o secretário adjunto da Interiorização poderia filiar-se ao PSD, que é presidido na Paraíba pelo vice-governador Rômulo Gouveia. Nas últimas semanas, porém, a tese do ingresso de Moacir Rodrigues no partido vermelho ganhou força e há quem diga que todos os entendimentos estão selados.

Caso a possibilidade se confirme, haverá um detalhe curioso: Moacir se tornará correligionário do vereador Napoleão Maracajá, hoje o mais ferrenho opositor do prefeito Romero Rodrigues. Isso, claro, caso o parlamentar vá mesmo continuar no PC do B.

Nenhum comentário

.