Candidato a presidente do PT promete “soltar o verbo contra os mensaleiros”


O radialista Basílio Carneiro, candidato a presidente do diretório do Partido dos Trabalhadores em Campina Grande, prometeu, nas redes sociais, que, durante os debates para o processo eleitoral, vai fustigar os mensaleiros, que são regiamente defendidos por uma considerável parcela do partido de Norte a Sul do país, mas, por outro lado, têm provocado urticárias em alguns membros da sigla.

Basílio, conhecido por não fugir das polêmicas e controvérsias mais encarniçadas, via de regra utilizando com veemência os microfones de seu programa na Rádio Cariri AM, admite abertamente a crise que assola o partido da estrela e fala da necessidade de “refundação” da legenda.

“A introspecção me situa em qualquer debate, conjuntura... Vai ser nessa linha, me preparando para os debates para presidente do PT-CG. Aguardem. Vou soltar o verbo contra os mensaleiros... O PT precisa de uma nova direção. Refundação já”, escreveu, em sua conta no Facebook.

Cinco candidatos deverão concorrer à presidência do PT no Processo de Eleições Diretas (PED) do partido em Campina Grande este ano. Basílio Carneiro é candidato pela chapa “Avante Mensagem ao Partido”. As outras quatro chapas são as seguintes:

O ex-vereador Peron Japiassú, atual presidente, pela chapa “Começar de novo”; o radialista o jornalista Eurivaldo Araújo, pela chapa “Eu sou petista”; a assistente social Rosário Cardoso, da chapa “Mensagem ao Partido”; e o professor Hermano Nepomuceno, da chapa “Protagonista: democracia e representatividade”.

Nenhum comentário

.