Bruno ou Tovar? Qual candidatura decola em 2014?


Bruno e Tovar: quem decola? Imagem: Josenildo Costa - Codecom

Eles são tucanos. Eles são jovens. Eles têm sobrenomes parecidos. Eles pertencem a um mesmo agrupamento familiar. Eles são vereadores. Eles sonham com a Casa de Epitácio Pessoa. Eis algumas semelhanças entre Bruno Cunha Lima e Tovar Correia Lima. Agora, as diferenças: Bruno vai completar 23 anos; Tovar tem 33. Bruno é Cunha Lima “da gema”, enquanto Tovar é integrado à família pela via indireta. Bruno é vereador de primeiro mandato, enquanto Tovar está no segundo.

Além disso, fator relevante, Tovar já abriu mão uma vez – em 2010 – do sonho da chegar à Assembleia Legislativa em favor do grupo. Por outro lado, porém, cunhalimistas mais apaixonados defendem que o espaço, independente de qualquer particularidade, tem que ser do neto de Ivandro. Há até quem diga que, assim como se deu na eleição municipal, existe espaço para os dois, coisa que não pode ser dada como tão certa, mesmo porque, como é óbvio, o cenário é outro.

O mais provável é que apenas um dos dois entre na disputa e só uma candidatura decole. E a nossa aposta é que será a candidatura de Tovar Correia Lima. A razão é lógica. O PSDB tem três vereadores, mas um, Inácio Falcão, é totalmente descartado como candidato “do grupo”, por razões óbvias (a postura tratada como suspeita no ninho).

Se restam Tovar e Bruno, pesa o fato do primeiro estar no segundo mandato; com os cabelos já branqueando, enquanto o branco do outro, ainda muito jovem, está apenas no nome (Bruno Branco Cunha Lima); E Tovar, como dito, já sacrificou seus planos em favor do projeto do grupo. Por essa lógica, o atual chefe de gabinete da Prefeitura é favorito a alçar voo em 2014. Entretanto, em política, nem sempre dá a lógica.

Nenhum comentário

.