Projeto de Alexandre do Sindicato permite marcação de consultas por telefone para idosos e deficientes

Tramita na Câmara Municipal de Campina Grande Projeto de Lei Ordinária de autoria do vereador Alexandre do Sindicato (PTC) que estabelece a marcação de consultas médicas por telefone para pacientes idosos e deficientes físicos. A matéria ainda aguarda pauta para ser apreciada pelo plenário do poder legislativo campinense.

“É desumano que pessoas idosas ou portadoras de limitações físicas ainda tenham que sair de suas casas apenas para conseguir o agendamento de uma consulta. Desumano e ilógico. Aliás, o ideal seria que o acesso a esse tipo de procedimento fosse facilitado para o cidadão em geral, mas, enquanto isso não é possível, que pelo menos os segmentos ora apontados no projeto possam ser beneficiados”, comentou Alexandre.

O Projeto de Lei Ordinária número 213/2013 estabelece que o agendamento será realizado nas unidades de saúde onde o paciente estiver cadastrado. Determina, ainda, que o número de consultas agendadas por telefone será limitado a 20% do total de consultas disponíveis na unidade de saúde.

“Cada vez mais são ampliadas as políticas de acessibilidade e inclusão no Brasil, e o simples agendamento telefônico de consultas é uma medida que, certamente, facilita a vida dos pacieentes idosos e deficientes, tornando-se, portanto, uma iniciativa que precisa ser implementada em Campina Grande”, afirmou Alexandre do Sindicato.

Um comentário

Anônimo disse...

E já não é uma lei isso não, não só para idosos mas para todos?

.