Líder do governo, Ivonete Ludgério quer que Romero cobre posição definida do PCdoB: governo ou oposição?

A vereadora Ivonete Ludgério (PSB), líder da bancada governista na Câmara Municipal de Campina Grande, afirmou, durante a sessão extraordinária de ontem, que vai conversar com o prefeito Romero Rodrigues, após o fim da licença do chefe do poder executivo, para pedir que o tucano cobre uma definição da direção do PCdoB sobre a postura do partido em relação ao governo.

“O PCdoB é governo, ocupa cargos no primeiro escalão do governo, e, aqui na Câmara, faz oposição ao governo. Como líder, vou pedir ao prefeito Romero uma definição, se o partido é aliado ou é oposição”, declarou Ivonete, durante a sessão.

Os comunistas ocupam a Secretaria de Cultura do Município, cargo preenchido pela ex-reitora Marlene Alves. Por outro lado, o único vereador da legenda, Napoleão Maracajá, é, ao lado de Olímpio Oliveira (PMDB) e Rodrigo Ramos (PMN), componente da bancada de oposição. Isso sem falar nos militantes do partido que comandam ações e protestos contra a gestão municipal desde o início do ano.

Sindicalista experiente, inteligente e com grande poder de influência entre os servidores municipais, o comunista tem dado trabalho ao governo, usando táticas e estratégias as mais diversas que conseguem até, muitas vezes, tirar o brilho de ações positivas do Palácio do Bispo.

Talvez por isso, aliás, Ivonete Ludgério tenha focado no PCdoB, deixando de mencionar o PMN, que também aderiu ao governo, ocupando atualmente a presidência da AMDE, mas que, dos três vereadores do partido na Câmara, apenas um adota postura governista: Sargento Régis. O que não quer dizer que o caso do partido fique de fora da conversa da líder com o prefeito.

Nenhum comentário

.