Alexandre do Sindicato suplanta desconfiança e é o campeão de requerimentos e projetos de lei ordinária do semestre

Auxiliar de serviços gerais, ensino fundamental completo e sindicalista, Alexandre Pereira da Silva, o Alexandre do Sindicato (PTC), de 40 anos, exerce seu primeiro mandato na Câmara Municipal de Campina Grande. No começo do ano, era cotado, ao lado de outros nomes, para ser um dos menos atuantes parlamentares da atual legislatura, mas, surpreendeu.

Segundo dados obtidos junto ao registro de protocolo da Câmara, Alexandre do Sindicato foi o vereador que mais apresentou requerimentos e também o que mais propôs projetos de Lei Ordinária no primeiro semestre de 2013. No total, foram 236 requerimentos e 25 projetos de Lei Ordinária.

Marinaldo Cardoso (PRB) apresentou o segundo maior número de requerimentos, 204, enquanto Bruno Cunha Lima (PSDB) foi o segundo em termos de projetos de Lei Ordinária, com 22 proposições. No ranking dos requerimentos, Miguel Rodrigues (PPS) ficou em terceiro, posição de Marinaldo Cardoso na lista de projetos de lei ordinária.

No seu primeiro discurso na Câmara Municipal, no início do ano, Alexandre do Sindicato reconheceu a desconfiança em relação ao seu nome, mas prometeu mudar aquela perspectiva ainda no primeiro semestre.

“Chego com a serenidade necessária para conhecer as expectativas de determinados segmentos a respeito do papel que deveremos desempenhar. Sei que, por minha história de vida, por minha trajetória de homem simples, homem do povo, líder sindical de uma categoria honrada e humilde, os conceitos pré-concebidos guardam a certeza de que teremos uma passagem irrelevante por este parlamento”, disse, à época.

E completou, com uma promessa. “Faço o registro com serenidade, sem qualquer tipo de ranço pessoal. Mesmo porque, sei que não se trata de uma visão contra este vereador, mas a respeito de quem e daquilo que represento. E, no mais, confronto essas perspectivas pessimistas com a convicção de que cuidarei de desfazê-las, gradualmente, trabalhando, como hei de trabalhar, arduamente por esta terra e sua gente”, garantiu.

Agora, comemora os resultados, mas com os pés no chão. “Fico feliz porque, graças a Deus, cumprimos mais um compromisso assumido. Mas, não fizemos mais do que nossa obrigação e o objetivo que temos é de continuar trabalhando assiduamente pelo interesse do povo de Campina Grande”, avalia Alexandre do Sindicato.

Nenhum comentário

.