Grupo partidário planeja infiltrar-se em manifestação e presidente da Câmara pede presença da PM





O vereador Nelson Gomes Filho (PRP), presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, elogiou na manhã de hoje as manifestações que vêm ocorrendo em todo o Brasil, mas criticou os casos de excesso. “A absoluta maioria vai para protestar pacificamente, exercendo um direito que é de todos, mas tem sempre uma pequena maioria que comete desordens e esses atos não podem ser admitidos”, disse.

No entanto, Nelson está ciente de que um grupo ligado a segmentos partidários da cidade planeja infiltrar-se no movimento para, supostamente, insuflar atos de excesso e de desordem, a fim de atingir o legislativo municipal e a Prefeitura de Campina Grande. Para evitar constrangimentos, o presidente suspendeu o tradicional café da manhã de encerramento do semestre legislativo.

Nelson também pediu a presença da Polícia Militar e da Guarda Municipal no entorno da Câmara, para evitar invasões e depredações. “Pedi ao tenente coronel Souza Neto e ao comando da Guarda Municipal, através do secretário Tovar Correia Lima, porque já foi anunciado nas redes sociais que vão passar aqui na Câmara. Preferimos, para resguardar o prédio, que é público, pedir proteção”, explicou. O presidente do legislativo, todavia, afirmou que pediu que a PM não interferisse no ato, exceto em casos extremos.

Um grupo foi visto nos arredores do prédio da Câmara Municipal, na manhã desta quarta-feira, supostamente buscando pontos que facilitem a invasão do prédio. Trata-se de figuras conhecidas, sindicalistas ligados a caciques políticos.

Na outra ponta da história, o vereador Lula Cabral (PRB) parece disposto a também entrar na passeata, apesar de o poder legislativo ser um dos principais alvos das manifestações em todo o Brasil. Lula revelou ter mandado preparar faixas contra o Governo Federal, por conta da lentidão das obras de transposição.

Nas redes sociais, a possibilidade do vereador se envolver com a manifestação tem irritado internautas que pretendem participar da marcha em Campina Grande.

Nenhum comentário

.