Entidades emitem nota de repúdio por agressão a cinegrafista da TV Paraíba em supermercado de ex-vereador

A Associação Campinense de Imprensa, o Sindicato dos Jornalistas e o Sindicato dos Radialistas de Campina Grande emitiram nota conjunta de repúdio por conta da agressão covarde sofrida pelo cinegrafista Damião Tomé, da TV Paraíba, enquanto trabalhava na cobertura de uma ação de fiscais do Ministério do Trabalho em um supermercado. O estabelecimento é de propriedade do ex-vereador Severino Germano, pai do vereador Jóia Germano (PRP). Antes de ser danificada, a câmera gravou a investida de Severino, de 84 anos, contra Damião, mas o soco que derrubou o cinegrafista teria sido desferido por um rapaz que supostamente seria filho do ex-vereador (Veja o vídeo AQUI). Veja a nota: 
..
A Associação Campinense de Imprensa – ACI, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba e Sindicato dos Radialistas de Campina Grande vêm a público repudiar as agressões sofridas pelo repórter-cinematográfico Damião Tomé de Oliveira, da TV Paraíba, na manhã da última quarta-feira (1º de maio de 2013), e cobrar das autoridades competentes a devida apuração e punição para os culpados.

Quando fazia a cobertura de uma fiscalização no final da manhã desta quarta-feira 1° de maio, dia do trabalhador, em supermercado, o repórter-cinematográfico Damião Tomé de Oliveira, foi agredido pelo dono do Mercadinho Germano e seu filho.

A equipe de TV estava acompanhando fiscais do Ministério do Trabalho e diretores do Sindicato dos Empregadosno Comércio de Campina Grande, quando, ao chegarem no Mercadinho Germano, situado no bairro do Monte Santo, o repórter-cinematográfico foi agredido verbalmente e, em seguida, fisicamente, diante de vários clientes e transeuntes, chegando inclusive a cair no chão com seu equipamento.

A Polícia Militar foi acionada pelo presidente do Sindicato dos Comerciários, José Nascimento Coelho, mas não conseguiu prender os agressores. A vítima e os representantes sindicais registraram Boletim de Ocorrência na Central de Polícia e, em seguida, Damião foi encaminhado para fazer o exame de corpo de delito.

Os agressores foram identificados como sendo o Sr. Severino Bezerra Germano, proprietário do estabelecimento e ex-vereador do Município de Campina Grande, e seu filho Ivandro Germano.

Repudiamos qualquer tipo de agressão aos profissionais da imprensa, jornalistas e radialistas, e, neste caso, lamentamos profundamente que tenha acontecido no Dia do Trabalhador. Reafirmamos ainda nossa luta em defesa da liberdade de expressão e do pleno exercício da profissão como garantias para que a democracia não seja ameaçada em nosso País.

Associação Campinense de Imprensa – ACI
Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba
Sindicato dos Radialistas de Campina Grande

Nenhum comentário

.