Pólvora alheia: Presidente da Câmara torra R$ 24 mil em detalhes finos para residência oficial



Deu na Folha:

Eleito presidente da Câmara dos Deputados com a promessa de recuperar a imagem do Legislativo e conter gastos, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) mandou instalar uma cobertura ao lado da piscina em sua residência oficial e gastou R$ 4.000 com roupas de cama de alto padrão.

Um jogo de lençol para casal foi comprado por R$ 599 --segundo uma loja especializada de Brasília, valor de um lençol de 600 fios, toque acetinado e puro algodão.

Ao todo, a Casa desembolsou R$ 24 mil na futura residência de Alves, segundo a assessoria de imprensa da Câmara. Ele vai morar no local por um ano e dez meses.

A reportagem pediu para conhecer o interior da casa, mas não recebeu autorização.

A pedido do deputado, a Câmara construiu cobertura e toldo (R$ 8,7 mil) perto da piscina, instalou um piso e passou verniz no assoalho (R$ 5,6 mil). Também serão compradas cortinas, ainda sem valor definido.

A casa, de 800 metros quadrados de área útil, tem quatro quartos, escritório e sala de jantar. Indagada pela Folha, a direção da Câmara disse que as mudanças eram necessárias porque Alves vai morar com seus filhos.

Ainda serão feitas outras obras. A explicação é que, nas gestões "dos últimos presidentes, não foram feitas reformas, mas sim serviços rotineiros de manutenção".

Nenhum comentário

.