Assembleia Legislativa e Senado Federal realizam audiência pública para tratar da seca no Estado


A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realiza na tarde desta sexta-feira (19), em Monteiro, uma audiência pública durante visita da Comissão Externa do Senado, criada para fiscalizar as obras do projeto de Transposição de águas do Rio São Francisco. A audiência terá a presença do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, e será realizada na Câmara Municipal. Serão debatidas com o ministro e os senadores soluções para a problemática da seca no semiárido paraibano.

A comissão do Senado, presidida pelo paraibano Vital Filho (PMDB), tem ainda a presença dos senadores Cícero Lucena (PSDB) e Cássio Cunha Lima (PSDB). Serão vistoriadas as obras do Eixo Leste, em Monteiro, além dos municípios de Floresta, Custódia e Sertânia, em Pernambuco.

O presidente da ALPB, Ricardo Marcelo (PEN), destacou que, entre os dias 04 e 07 de setembro de 2012, a Casa de Epitácio Pessoa realizou uma visita de inspeção às obras, percorreu 1.900 quilômetros nos eixos Norte e Leste do projeto e constatou alguns problemas, a exemplo da paralisação em trechos da obra e problemas ambientais nos rios Paraíba e Piranhas, entre outros.

Na oportunidade, a ALPB elaborou um relatório, que foi encaminhado à Presidência da República, ao Congresso Nacional e autoridades dos nove estados nordestinos – elencando 14 sugestões para viabilizar a conclusão do projeto e otimizar sua execução. Ricardo Marcelo ressalta que ‘a transposição das águas do Rio São Francisco é uma bandeira de luta da Assembleia Legislativa da Paraíba’. “A seca vem maltratando muito os nordestinos e essa obra vai matar a sede de muita gente e trazer desenvolvimento para a nossa região que é tão sofrida”, disse o presidente.

Nesta quinta-feira (18), o deputado Francisco de Assis Quintans (presidente da Frente Parlamentar da Seca da ALPB), disse esperar que o ministro da Integração traga informações consistentes com relação a execução da obra, que “não pode continuar abandonada ou paralisada em alguns lugares e em passo de tartaruga em outros”. Já o deputado Gervásio Filho (PMDB) disse que irá aproveitar a oportunidade para entregar a Fernando Bezerra documento solicitando a inclusão da Paraíba no projeto da adutora do Rio Pajeú, que vai contemplar 20 municípios do vizinho Estado de Pernambuco.

De acordo com Gervásio, a sua proposta encontra respaldo no Tribunal de Contas da União (TCU) que sugeriu que a Paraíba entre na rota do sistema adutor do Pajeú.  Ainda segundo o deputado, pela sugestão do TCU a Paraíba será contemplada em oitos municípios: Princesa Isabel, Imaculada, Desterro, Livramento, São José dos Cordeiros, Taperoá, Teixeira e Cacimbas, que juntos tem mais de 60 mil habitantes.

A presidente Dilma Rousseff garantiu que as obras de transposição do São Francisco devem ficar prontas em 2015, e que até o ano que vem pelo menos 100 quilômetros já estarão prontos. Além disso, o custo foi reajustado para R$ 8,2 bilhões, e deve ainda ter novo reajuste.

Assessoria ALPB

Nenhum comentário

.