Anotem: Além de Rodrigo Ramos, Sargento Régis e Galego do Leite não deverão ficar na Mobilização Democrática


O vereador Rodrigo Ramos, que tem diferenças aparentemente insanáveis com a direção do PMN, manifestadas a partir da decisão da cúpula do partido de aderir ao governo do prefeito Romero Rodrigues, já anunciou publicamente que não ficará na Mobilização Democrática, sigla nascida da fusão entre o PMN e o PPS.

Enquanto isso, o Sargento Régis não apenas revelou que estará na MD, como ainda tratou de desmentir a saída do terceiro vereador do PMN, Galego do Leite, do novo partido. Aliás, Régis incorporou o papel de líder, convidando outros vereadores, a exemplo de Alexandre do Sindicato (PTC) e Hércules Lafite (PSC), para a Mobilização.

Entretanto, é tudo puro blefe. Galego do Leite, que não esconde recear um confronto direto com a cúpula do PMN – leia-se Lídia Moura – (sabe-se lá o porquê), já admitiu que não continuará no partido após a fusão. E o Sargento Régis, salvo ocorrência extraordinária, deverá seguir o mesmo caminho.

Os dois, provavelmente, vão apenas esperar a fusão ser oficializada pelo Tribunal Superior Eleitoral para comunicar a Lídia Moura que estão de partida. E é o que farão, a não ser que a jornalista, que deverá ficar com o comando da nova sigla, consiga convencer os dois vereadores a mudarem de idéia.

Anotem e aguardem.

Nenhum comentário

.