Sintab denuncia deficiência no atendimento em caixas eletrônicos do Bradesco e vai acionar Procon

Está se tornando cada vez mais comum ver as agências do banco Brasdesco no Centro de Campina Grande tomadas por usuários não apenas nos primeiros dias úteis de cada mês. A dificuldade e principalmente a demora para o atendimento ser realizado nesses terminais poderia ser menor se todos os caixas eletrônicos do mesmo banco estivessem funcionando normalmente.

Chegou até o SINTAB (Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema), a denúncia partida de vários servidores públicos municipais, que os postos de caixas eletrônicos do referido banco não estão funcionando em diversos pontos da cidade, o que tem ocasionado bastante prejuízo para os usuários.

Para o presidente do SINTAB, Napoleão Maracajá, uma providência deve ser tomada de caráter urgente, já que o ‘filme’ está se repetindo quando as duas principais agências do Centro da cidade ficam superlotadas, uma vez que não há a possibilidade dos usuários do banco realizarem suas transações em postos extras.

“O que está acontecendo é um desrespeito não apenas com os servidores públicos que recebem seus salários pelo Bradesco, mas também com toda a sociedade de Campina Grande. Essa denúncia chegou até nós, e verificamos que o caixa eletrônico do Hiper Bompreço não estava funcionando, o do shopping da cidade também apresenta problemas, e em outros pontos estratégicos que deveriam servir aos correntistas, por isso que todos estão se dirigindo às agências do Centro. Isso acarreta uma superlotação, demora no atendimento. Nós estamos entrando em contato com o PROCON para que abusos não sejam cometidos”, disse Napoleão Maracajá.

Assessoria

Nenhum comentário

.