Pimentel diz que Napoleão é governista e comunista rebate: “Tem vereador que não diz de que lado está”


O vereador Pimentel Filho (PMDB) soltou uma indireta bem direta contra o comunista Napoleão Maracajá durante a sessão desta terça-feira na Câmara Municipal de Campina Grande. Visivelmente irritado por ter perdido o comando da Comissão de Justiça e Redação, ao comentar o pedido de vistas de Napoleão ao projeto que aumenta o número de comissões permanentes, Pimentel tratou o colega como vereador governista.

“Eu decidi me abster, porque não iria votar em uma coisa que estava errada, mas, felizmente, o vereador da bancada de situação Napoleão pediu vistas”, declarou Pimentel, claramente cutucando o comunista, que já afirmou e reafirmou que tem uma posição de independência dentro do parlamento municipal.

Questionado sobre o comentário de Pimentel, Napoleão ratificou sua condição. “Se ele disse isso, cometeu dois erros: desconhecimento e inverdade. Talvez seja cedo para as pessoas entenderem nossa posição, que é de independência. Na hora em que tivermos de atuar como oposição, o faremos, na hora em que for preciso votar a favor, votaremos”, comentou.

Em seguida, Maracajá devolveu a ilação do peemedebista na mesma moeda. “Eu lamento que o vereador esteja desinformado ou mal intencionado. Minha posição causa incômodo, principalmente àqueles vereadores que não tiveram competência ao longo do tempo para dizer claramente de que lados estão. Tem vereador que está aqui há muito tempo e não diz de que lado está. Ou é governo toda vida. Não sei se é o caso do vereador”.

Nenhum comentário

.