Novo Call Center vai gerar 1200 novos empregos em Campina Grande. Prefeito assinou protocolo hoje pela manhã

Informações da Codecom:

Campina Grande ganhará no segundo semestre deste ano uma nova empresa de Call Center, empreendimento que vai gerar 1,2 mil novos empregos diretos, com perspectiva de crescimento para 2,4 mil em apenas cinco anos. A empresa de Call Center Orbitall trará para Campina Grande investimentos da ordem de R$ 6 milhões, sendo a primeira unidade instalada na região Nordeste do país e a segunda fora do estado de São Paulo, onde funciona a sede. O protocolo de intenções foi assinado na manhã desta quarta-feira, 06, no Palácio do Bispo, pelo prefeito campinense Romero Rodrigues e o diretor de operações da empresa Orbitall Serviços e Processamentos, Cláudio Liguanotto Chiarle. O Call Center funcionará nas antigas instalações da Celb, bairro do Catolé.

O prefeito Romero Rodrigues ressaltou, que a vinda de mais uma empresa de Call Center para o município estimula a “mola propulsora da Campina Grande”. Segundo Rodrigues, as parcerias são importantes para o desenvolvimento de Campina Grande. “Venho trabalhando, desde minha atuação como deputado federal e já na condição de prefeito eleito para a vinda de mais empresas para Campina Grande”, disse. Rodrigues afirmou que a proposta é atrair mais empresas e intensificar a dinâmica empresarial da cidade.

A unidade campinense da Orbitall pretende criar 1,2 mil empregos diretos nos dois primeiros anos de atuação, tendo como possibilidade de expandir esse número para 2,4 mil empregos diretos dentro de cinco anos. O diretor de operações, Cláudio Chiarle, destacou a escolha pelo município de Campina Grande ocorreu, também, devido a concentração de faculdades e cursos técnicos. “Vamos aproveitar a mão de obra altamente qualificada que existe no município”, disse.

Chiarle destacou ainda que, para a instalação da Orbitall, foi essencial a integração entre os Governos do Estado, do Município e a iniciativa privada. Chiarle disse ainda, que desde junho do ano passado mantinha entendimentos, junto a representantes do Governo do Estado, para conhecimento do município e da infraestrutura disponível. A Empresa reconheceu o município como pólo tecnológico e de educação, com estaques para a mão de obra qualificada.

Os contratados pelo Call Center deverão trabalhar por meio período (seis horas), possibilitando a manutenção dos estudos no turno seguinte. Inicialmente as funções oferecidas serão no departamento de telefonia. Em seguida, os mais destacados passarão para a função de escritório. “A ideia é oferecer um plano de carreira para as pessoas que estão entrando agora, como operadores de atendimento, possam se desenvolver e assumir novas funções na unidade em Campina Grande”, ressaltou Chiarle.

O secretário executivo da Indústria e Comércio da Paraíba, Marcos Procópio, disse que Romero Rodrigues foi peça decisiva nesse processo de instalação do Call Center antes mesmo de assumir a Prefeitura de Campina Grande. “Desde a campanha Romero Rodrigues já recebia essas atividade de braços abertos para que esse modelo de desenvolvimento pudesse ser instalado no município”, disse.

Codecom

Nenhum comentário

.