“Não aconselho a qualquer pessoa séria acompanhar o PMDB neste momento”, diz ex-vereador, que vai deixar o partido

O ex-vereador Antônio Pereira vai deixar os quadros do PMDB de Campina Grande, onde estava desde outubro de 2011, quando ingressou no partido, vindo do PSB. No pleito do ano passado, Pereira somou 2.334 votos, não conseguindo garantir a reeleição e ficando apenas na quarta suplência da sua coligação.

“Não tem como sair (candidato) pelo PMDB. É um partido importante, acabou de eleger o presidente do Senado e o presidente da Câmara, mas, aqui em Campina Grande, não tem como permanecer no PMDB querendo disputar a deputado estadual. Nem eu, nem qualquer outro cidadão”, afirmou o ex-vereador, explicando que pretende concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa em 2014.

“Pelo PMDB, não terei voz nem vez, eu tenho certeza, dentro dessa conjuntura atual. Posso até apoiar Veneziano para candidato a governador. Mas, pelo PMDB não tem a menor chance, nem a mim e nem aconselho a qualquer pessoa séria a acompanhar o PMDB neste momento”, complementou Antônio Pereira.

O ex-vereador ainda não sabe qual será seu destino, mas confirmou o desejo de voltar a disputar um mandato legislativo. “É um sonho meu continuar sendo parlamentar. Vou construir todas as bases para sair candidato a deputado”, disse.

As declarações de Antônio Pereira foram dadas durante o programa Cariri em Destaque, apresentado por Márcio Furtado, Eliomar Gouveia e Lenildo Ferreira, com trabalhos técnicos de Léo Montanha.

Nenhum comentário

.