Metuselá Agra poderá trocar PMDB pelo partido de Marina. Vereador admitiu interesse na Rede

O vereador Metuselá Agra confirmou, diante de questionamento do blog na manhã de hoje na Câmara Municipal de Campina Grande, que está acompanhando com interesse a formação do partido idealizado pela ex-senadora Marina Silva. O vereador já avisou publicamente que pretende deixar o PMDB e o caminho para evitar uma ação por infidelidade partidária seria aderir a uma nova legenda.

“Tive alguns contatos com a assessoria de Marina. A idéia dela é bem interessante, até porque foge dessa concepção brasileira de partido, que não é tão democrática, grupos mandam, presidentes de partido usam do poder da presidência para discussões que não são interessantes, enquanto a Rede que Marina está tentando criar, até o próprio nome ela não quis colocar partido, porque ela tem idéia de pensar diferente o jeito de fazer política”, comentou Metuselá.

O vereador voltou a afirmar sua mágoa com a direção peemedebista, sobretudo por conta da – segundo ele – inércia diante da polêmica gerada pelas declarações do ex-vereador Cassiano Pascoal, que, através das redes sociais, disse que havia ladrões no secretariado do ex-prefeito Veneziano Vital do Rêgo.

“Continuo amigo de Veneziano, mas a grande bronca é que não houve qualquer punição a uma infantilidade feita pelo ex-vereador Cassiano. Não adianta dizer que o cara está passando por um momento psiquiátrico tal. Eu tenho meus problemas, mas nem por isso vou denegrir a imagem de ninguém. Caberia até uma chamada da justiça”, comentou Metuselá.

Nenhum comentário

.