Chefe do Governo, Tovar Correia Lima visita coordenadorias e programas vinculados à pasta

O secretário chefe de Governo, Tovar Correia Lima, visitou coordenadorias e programas vinculados à Secretaria. Completados 15 dias úteis da administração do prefeito Romero Rodrigues, a ordem é fazer a máquina administrativa funcionar bem, tendo sido diagnosticado no primeiro momento quais são os entraves e o que é preciso fazer para cumprir o objetivo do êxito administrativo.

Tovar iniciou a visita pela Coordenadoria Especial de Política Pública para as Mulheres a qual estão vinculados o “Centro de Referência de Atendimento à Mulher Professora “Ana Luiza Mendes Leite” e a “Casa Abrigo”.

O secretário verificou problemas como: vencimento de contratos de aluguel; foco de cupim na despensa onde devem ser estocados os alimentos para a “Casa Abrigo; excesso de pessoal para uma mesma função, e, falta de outros profissionais especializados na “Casa Abrigo” e problemas de infiltração no “Centro de Referencia”.

No “Programa Fome Zero” o secretário verificou as ações que estão sendo implantadas para eliminar o pré-cadastro e realizar, de imediato, o cadastro online, reduzindo processos e agilizando o atendimento. De acordo com os levantamentos da equipe técnica, foram encontrados mais de 2 (dois) mil cadastros ainda não registrados no sistema, alguns deles datados no mês de junho de 2012. Sem o registro no sistema não há como o cidadão receber o benefício.

De imediato, uma equipe está sendo treinada para o cadastro online. Também houve uma mudança no portão de acesso que agora é o da entrada principal do “Programa Fome Zero”, localizada na rua D. Pedro II, uma vez que o muro da lateral foi condenado em laudo da Defesa Civil.

Ao assumir a Secretaria Tovar pediu relatório sobre as condições de cada coordenadoria e também um plano de trabalho com a indicação dos recursos necessários para o funcionamento adequado. Com base nesses dados, será feito o estudo para a compra de material emergencial para o mês de fevereiro e na sequencia para os outros 10 meses do ano de 2013.

Ao final das visitas, Tovar disse que o que encontrou foi um reflexo do que foi diagnosticado em todas as Secretarias e na Prefeitura como um todo. “É a constatação da desordem, da desorganização, do desmando que marcou o final da gestão passada. Agora precisamos colocar a casa para funcionar e corrigir as distorções. O Programa Fome Zero, por exemplo, era canal de empreguismo. Vamos equacionar isso e arrumar a casa.”, finalizou.

Fonte: Codecom

Nenhum comentário

.