Cenário de tragédias recentes, Argemiro de Figueiredo terá obras retomadas nesta segunda

O prefeito Romero Rodrigues anunciou o reinício, às 10h da próxima segunda-feira, 07, das obras de duplicação da avenida senador Argemiro de Figueiredo, com a presença do superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT na Paraíba, Gustavo Adolfo Andrade de Sá.

As obras, reiniciadas já na segunda semana do governo Romero Rodrigues, tem a garantia do prefeito de que não sofrerão nova paralisação. A duplicação do chamado Rodoanel de Campina, que compreende o trecho que vai do contorno da rodoviária na entrada da cidade, onde fica a praça Raimundo Asfora até as confluências do Aeroporto João Suassuna, implicará em 3,5 km de pista duplicada.

As obras, resultado de parceria entre a Prefeitura e o Governo Federal,  também incluem a urbanização das áreas adjacentes e a recuperação de toda infraestrutura local, com a construção de viadutos que proporcionarão maior mobilidade para os que trafegam pelo trecho, beneficiando especialmente os moradores dos bairros do Catolé e do Itararé.

Ainda em novembro passado, o atual secretário de Agricultura de Campina Grande, então deputado Guilherme Almeida (PSC), neto do homenageado, ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa para apelar ao DNIT e a PMCG agilidade na retomada e execução das obras da duplicação e sinalização da avenida.

A duplicação, que tem a função estratégica na interligação das BR’s 230 e 104, foi tema do guia eleitoral do então candidato Romero Rodrigues, que denunciou a interrupção da obra e o perigo provocado pelo abandono e falta de sinalização. O prefeito, garantiu na ocasião, que reiniciaria as obras e a urbanização da área.

ACIDENTES

A paralisação das obras e a falta de sinalização foram apontados pela Policia Rodoviaria Federal como uma das causas de acidentes com mortes na avenida senador Argemiro de Figueiredo. Em menos de um mês foram registradas cinco mortes no mesmo local. Um dos acidentes vitimou de uma só vez três pessoas, professoras do município do Conde, que morreram no local do acidente.

Fonte: Codecom

Nenhum comentário

.