Galego do leite poderá ser secretário de Agricultura. Sargento Régis teria pedido a STTP

Imagem: Paraíba Online
Depois do encontro entre o prefeito eleito Romero Rodrigues com os vereadores eleitos do PMN e a direção do partido, os corredores políticos anunciam a possibilidade de a legenda, que é presidida pela jornalista Lídia Moura, ficar com o comando da Secretaria de Agricultura. O indicado seria o vereador eleito Galego do Leite.

Se isso acontecer, o primeiro suplente, Alcindor Vilarim, assume o mandato. Além de Galego, o PMN elegeu outros dois vereadores, Rodrigo Ramos e Sargento Régis. Havendo, de fato, o acordo, Romero ampliará substancialmente sua bancada na Casa de Félix Araújo.

Lídia Moura, que, a exceção do prefeito Veneziano Vital do Rêgo, foi provavelmente a maior entusiasta da candidatura peemedebista à prefeitura, soltou nota no fim de semana confirmando a conversa com Romero, mas sem falar em acertos (cargos).

“O PMN integrou o governo Veneziano, que muitos benefícios trouxe para a cidade. Participou do projeto da médica Tatiana Medeiros nas eleições municipais e, tendo perdido as eleições, como parte desse projeto, a direção entende que os que ganharam a eleição é que devem governar a cidade”, diz trecho da nota.

Que, porém, deixa as portas abertas. “Mas, nada impede que, com gestos de urbanidade e civilidade, seus dirigentes e parlamentares, abram canais de discussões visando soluções para o crescimento de Campina Grande”.

Informações de bastidores, entretanto, dão conta, que, além da Agricultura para Galego do Leite, o vereador eleito Sargento Régis teria pedido o comando da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP). Se acontecer, melhor para o segundo suplente, Saulo Germano. 

Tudo isso, claro, não é confirmado oficialmente por ninguém. Mais dez dias, entretanto, e saberemos se o PMN vai mesmo se incorporar ao governo do PSDB.

Nenhum comentário

.