Deu no RepórterPB: "Veneziano defende aliança com PT em 2014"

Bem me quer... Veneziano sabe o quanto precisa do PT
Deu no portal RepórterPB, dos bocas quentes Nonato Guedes e Linaldo Guedes:

O prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego, pré-candidato do PMDB ao governo do Estado em 2014, afirmou, hoje, que defende aliança preferencial com o Partido dos Trabalhadores nas próximas eleições majoritárias na Paraíba, reproduzindo o cenário presidencial atual de coligação entre os dois partidos com os nomes de Dilma Rousseff e Michel Temer. Veneziano veio a João Pessoa votar na convenção peemedebista que homologou membros da Executiva e do diretório regional, tendo como presidente o ex-governador José Maranhão, Wilson Santiago como primeiro vice, Manoel Júnior como segundo vice, Gervásio Filho na terceira vice-presidência e ele (Veneziano) como secretário geral.

O secretário adjunto é o ex-governador Roberto Paulino, o tesoureiro geral passa a ser Antônio Souza da Silva e o tesoureiro adjunto é o deputado federal Benjamin Maranhão. Como vogais foram escolhidos o senador Vital do Rego, o deputado Wilson Filho, a deputada Nilda Gondim e o deputado federal Hugo Motta. Gervásio Filho passa a acumular a terceira vice-presidência com a função de líder da bancada na Assembléia Legislativa.

Veneziano foi recebido na sede do diretório por Maranhão e por lideranças municipalistas, sendo aclamado como “futuro governador”. Ao dizer ao “RepórterPB” que defende aliança preferencial com o PT em 2014, o prefeito campinense lembrou que além da coligação nacional entre os dois partidos pôde conviver durante sete anos e meio com a agremiação, na administração à frente dos destinos da Rainha da Borborema. Ele admitiu que houve problemas na formação de uma aliança local no pleito deste ano naquela cidade, onde a candidata peemedebista Tatiana Medeiros ficou em segundo lugar no segundo turno, perdendo para o deputado federal Romero Rodrigues, do PSDB. Mas avaliou que se tratou de um caso isolado, decorrente de peculiaridades da disputa local, observando que a nível estadual haverá condições de reatamento da aliança com o PT.

O prefeito declarou-se lisonjeado com as manifestações de apoio que tem recebido para ser o candidato do PMDB ao governo do Estado em 2014. Falou do empenho em dotar Campina, nos dois mandatos que tem exercido, de melhores condições de desenvolvimento, e considera que houve avanços significativos durante esse período em diferentes setores. Refutou as insinuações de adversários de que o PMDB tem colecionado apenas derrotas nos últimos anos na Paraíba. “Uma análise realista da conjuntura aponta que temos tido vitórias pontuais e importantes e que a estrutura da agremiação continua sólida, reforçada, agora, pelo processo de renovação que incorpora figuras de destaque. Trata-se de uma atitude salutar porque proporciona a abertura de espaços, aprofunda a democratização das instâncias decisórias”, interpretou.

Veneziano confirmou que a partir de 2013 fará um planejamento, em sintonia com as lideranças peemedebistas, de preparação do partido para a disputa de 2014. E reafirmou que está legando ao sucessor uma prefeitura com as contas equilibradas e com um saldo bastante acentuado de realizações que mudaram a paisagem de Campina Grande e sinalizaram indicadores positivos de crescimento econômico e de inclusão social. “Nesse aspecto, tenho a consciência tranqüila do esforço que empreendi, juntamente com a minha equipe”, concluiu Veneziano Vital do Rego.

Nonato Guedes / RepórterPB
Para ler o texto no portal, clique AQUI

Nenhum comentário

.