Vereadores terão reajuste de salários de quase 62%. Prefeito e vice também terão aumento

Por unanimidade, a Câmara Municipal de Campina Grande aprovou hoje o reajuste dos salários dos parlamentares para a legislatura 2013-2016. Os vencimentos, a partir de janeiro de 2013, saltam de R$ 7.430,39 para R$ 12.025,25. Para o vereador Pimentel Filho (PMDB), a votação foi apenas uma mera formalidade, já que cabe à legislatura que se encerra apreciar o reajuste para a legislatura seguinte.

Já o salário do prefeito salta de R$ 11.146 mil para R$ 20.042. O do vice-prefeito passará de 7.297,28 para R$ 12.025,25, igual, portanto, ao dos vereadores. O presidente da Câmara ganhará o mesmo que o prefeito.

O vereador Antônio Pereira, presidente da Comissão de Finanças e Orçamento, reclamou porque o projeto não tramitou nas comissões. “Para a população, que ganha um salário mínimo, o valor que aprovaremos é bastante significativo. Como presidente da Comissão de Orçamento, não fui informado dos valores. Acho que deveria ter tramitado. Mas, a prática dessa casa tem sido atropelada ao longo dos anos”, afirmou Pereira.

“É praticamente uma mera formalidade. A lei determina que o salário é 60% do que recebe um deputado estadual. Nem 59%, nem 61%, mas 60%. Temos que votar e é preciso lembrar que o reajuste dos vencimentos não vale para essa legislatura, mas para a próxima”, declarou Pimentel Filho.

O reajuste vai repercutir diretamente sobre todas as demais funções do executivo, como os cargos de secretário, secretário adjunto e coordenadores.

Nenhum comentário

.