Jornalismo

Profissional atuando desde 2008 no mercado, com passagem por todos os meios. Experiência, credibilidade e qualidade

Comunicação institucional

Profundo conhecimento da dinâmica e caminhos da comunicação institucional eficiente, quer no setor público, quer na esfera privada

Direito

Advogado com atuação na área cível em geral e foco em direito do consumidor, além de assessoria legislativa para supervisão e elaboração de projetos

Cursos online

Didática diferenciada, metodologia direta, clara e objetiva buscando a máxima eficiência do estudo

Blog

MP apura infrequência escolar em CG e diz que prestadores de serviço do Ruanda estão sem receber

A Promotoria da Educação de Campina Grande está apurando a infrequência escolar das crianças que se encontram nas ruas no município. Segundo o promotor de Justiça Guilherme Costa Câmara, estão sendo feitas diligências, inclusive in loco, para mapear quem são essas crianças e adolescentes que estão nas ruas da cidade e por que não estão frequentando a escola, para tomar providências junto aos pais.

Ele explicou que, após a identificação das crianças e adolescentes, os pais serão chamados e alertados sobre suas responsabilidades, se for constatada a participação direta deles no problema. “Primeiro será feito um trabalho de orientação junto aos pais alertando sobre o processo por abandono intelectual. Caso reincidam, eles podem ser responsabilizados criminalmente”, disse.

Além disso, a Promotoria vai cobrar uma maior atuação de instituições e órgãos públicos. Uma das ações será o reforço no programa Ruanda. O promotor informou que vai recomendar à Secretaria de Assistência Social os pagamentos do programa, que é desenvolvido com o objetivo de retirar as crianças e adolescentes que vivem perambulando pelas ruas da cidade, oferecendo alternativas para que possam preencher o tempo com atividades saudáveis.

Guilherme Câmara ressaltou que a prefeitura não tem feito o pagamento dos prestadores de serviço que atuam no programa. O Ruanda é formado por uma equipe de educadores sociais de rua que, além de realizarem os encaminhamentos dos beneficiados aos demais programas governamentais, também são responsáveis pelo cadastramento e acompanhamento individual do progresso dos mesmos.

O programa realiza palestras educativas, atividades lúdico-culturais e desportivas, oficinas temáticas de teatro, dança e capoeira, além de encaminhamento para outros programas coordenados pela Secretaria Municipal de Assistência Social, a exemplo do Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil), Agente Jovem, Casa da Esperança, dentre outros. “Esse serviço não pode deixar de ser feito”, concluiu.

Fonte: MPPB

Authorism Theme

Jornalismo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Comunicação

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.!

Direito

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.!

Cursos

4th one time fitness expert, wellness writer, personal trainer, group ex health coach. I am advocates of everything good in the fitness industry and of the people who make it great!

Imagens de tema por richcano. Tecnologia do Blogger.