Dois ex-candidatos a vereador cacarecos teriam sido os mentores do seqüestro da irmã de Hulk

Rodolfo Sinfrônio e Élio Silva

A Polícia Civil revelou, na manhã de hoje, durante entrevista coletiva, os nomes dos envolvidos no seqüestro da irmã do jogador paraibano Hulk, que joga na Rússia. Entre os acusados, estão dois ex-candidatos a vereador em Campina Grande: Élio Pereira da Silva e Rodolfo Bruno Barbosa de Sousa.

O último disputou uma vaga na Casa de Félix Araújo no pleito deste ano. Filiado ao PSD, usou como nome de campanha “Rodolfo Sinfrônio”. O acusado tem 21 anos e obteve apenas 265 votos nas eleições de 07 de outubro.

O outro acusado, Élio Silva, 51 anos, foi candidato em 2008 pelo PSL e obteve 473 votos. Ele era o gerente do restaurante em que Angélica Aparecida Vieira, irmã do jogador, estagiava. A dupla teria planejado o seqüestro, executado, provavelmente, com o auxílio de dois outros indivíduos.

Pelas votações que receberam, a política não deu certo para Élio e Rodolfo, que, endividados, teriam procurado outro "ramo" lucrativo.

Nenhum comentário

.