Depois de Dilma, Lula também ignora queixas de correligionários e aparece no guia de Tatiana

O bloco petista que se posicionou ao lado da deputada estadual Daniella Ribeiro (PP) no primeiro turno com certeza não gostou nem um pouquinho do que viu na televisão nos guias da peemedebista Tatiana Medeiros ontem e hoje. Primeiro, foi a presidente Dilma Rousseff que, ontem, já apareceu pedindo votos para a prefeitável.

Hoje, foi o próprio ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, estrela maior do partido da estrela. Como é padrão, Lula leu um texto base, que é utilizado nas campanhas de aliados em todo o país, e completou com a frase personalizada declarando apoio a Tatiana.

Quem também pediu votos para a postulante governista foi o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que, ao contrário de Lula e Dilma, gravou uma mensagem completamente personalizada para a prefeitável.

Não é preciso ser um terapeuta para imaginar que esse deve ser, com certeza, um momento de pesada crise de identidade para boa parte dos petistas de Campina Grande. Quando passar a eleição, por sinal, vamos saber o que eles têm a dizer.

Nenhum comentário

.