Criticando prefeitáveis, Daniella Ribeiro desmente boatos de adesão de última hora

A deputada estadual Daniella Ribeiro (PP), que foi candidata a prefeita de Campina Grande pela coligação “Pra Campina crescer em paz”, usou as redes sociais para comentar o acirramento da disputa entre os prefeitáveis que permanecem na disputa, Romero Rodrigues (PSDB) e Tatiana Medeiros (PMDB). “Pena da minha querida Campina. Mesmas práticas, mesmas brigas, mesmos personagens. E a cidade continuará penalizada”, escreveu a pepista.

Além de criticar os contornos carregados da campanha, Daniella voltou a traçar o raciocínio que já havia exposto anteriormente, de que os dois grupos antagônicos teriam se unido no primeiro turno para inviabilizar sua candidatura. “No 1º turno, os candidatos que hoje brigam trocavam gentilezas e amabilidades. Quem não lembra? Agora voltam a ser o que realmente são”, comentou.

Daniella Ribeiro declarou que os campinenses é que vão pagar a conta por causa do que chamou de "briga" entre os dois grupos. “Para atraso de Campina, a briga permanece e a forma de fazer política também. Quem vai pagar a conta é a cidade e os cidadãos. Continuarei fazendo a minha parte. Campina sempre contará comigo”.

As críticas da deputada estadual acabam indiretamente funcionando como um desmentido direto aos boatos que voltaram a circular de que ele teria fechado sua adesão ao grupo do tucano Romero Rodrigues.

As especulações voltaram a esquentar após um encontro do ex-prefeito Enivaldo Ribeiro, pai de Daniella e presidente do PP na Paraíba, com um irmão de Romero em um restaurante da cidade, e após uma foto do tucano ter sido colocada na fachada do comitê da ex-prefeitável. O encontro, segundo pessoas próximas a Daniella, teria sido mera casualidade. Já a foto no comitê teria sido colocada por terceiros, sem o conhecimento da deputada, que, aliás, provavelmente já entregou o prédio.

Nenhum comentário

.