Abstenção no 2° turno não foi o monstro que muitos previam e número de votos válidos aumentou

Muito se falava em um elevado índice de abstenção neste segundo turno das eleições municipais de Campina Grande, receio que acabou não se confirmando. No total, 43.756 eleitores deixaram de votar, o equivalente a 15,62% da votação geral, enquanto no primeiro turno foi de 41.889, 14,95%. Um crescimento, portanto, inferior a dois mil ausentes.

Brancos somaram, neste segundo tempo da refrega, 5.198 (2,2%), enquanto nulos foram 11.260 (4,7%). No primeiro turno, brancos foram 7.637 (3,2%) e nulos, 13.365 (5,6%). No geral, foram somados 219.993 votos válidos nesse segundo turno, contra 217.316 no primeiro. O que quer dizer que houve mais gente votando em um dos candidatos agora.

O percentual de abstenção ficou próximo do índice da eleição passada, quando, no primeiro turno, foi de 12,91% e de 12,59% no segundo. O eleitorado, de lá pra cá, cresceu quase 10%.

Comparando-se com outras cidades, confirma-se que a abstenção foi dentro dos parâmetros normais. Em São Paulo, por exemplo, neste segundo turno 20% dos eleitores não foram às urnas. Em Fortaleza, o índice foi de 16,6%. E em João Pessoa, de 17,2%.

Nenhum comentário

.