Congresso Nacional será iluminado em cor de rosa nesta segunda-feira


Em campanha pelo combate ao câncer de mama, o Congresso Nacional realiza na segunda-feira (1º) sessão solene no Plenário do Senado Federal para homenagear o movimento Outubro Rosa, de conscientização da importância da prevenção da doença. Em seguida, haverá, no Salão Negro, o ato de iluminação que deixará rosa a fachada do Congresso. A cor é a mesma usada no laço que simboliza a luta contra o câncer de mama.

No mesmo momento, também ganharão iluminação rosa os principais monumentos do Distrito Federal, como a Torre de TV e a Catedral  de Brasília. Os prédios públicos ficarão iluminados por todo o mês de outubro. O Outubro Rosa tem o objetivo de estimular a participação da população, empresas e entidades na prevenção e combate ao câncer de mama. O movimento começou nos Estados Unidos, no final da década de 90, mas só chegou ao Brasil em 2008.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), o câncer de mama é o segundo mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres, respondendo por mais de 20% dos casos novos a cada ano. No Brasil, o câncer de mama também é o de maior incidente entre as mulheres.  Para o ano de 2012 foram estimados 52.680 casos novos, que representam uma taxa de incidência de 52,5 casos por 100 mil mulheres.

Se for detectado precocemente, no entanto, quando as lesões são menores de dois centímetros de diâmetro, aumenta a chance de cura da doença e a sobrevida da paciente.

Marcada para as 18h, a sessão solene é de iniciativa da senadora Ana Amélia (PP-RS) e da deputada federal Janete Pietá (PT-SP) e será realizada pelo Senado e pela Câmara dos Deputados, em parceria com o governo do Distrito Federal e com a Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama) e a ONG Recomeçar. Para mostrar sua adesão, os convidados devem vestir uma peça cor de rosa.

Agência Senado

Nenhum comentário

.