Coligação questiona pesquisa na Justiça. Formulário pode ter omitido nome de alguns candidatos

O advogado Félix Araújo Neto (PC do B), candidato a vice-prefeito da coligação “Campina Grande ideal”, que é encabeçada por Guilherme Almeida (PSC), soltou uma bomba de porte razoável agora à noite no Twitter.

Primeiro, Félix reclamou do fato de algumas pessoas ligadas a grupos políticos já demonstrarem conhecimento dos números de uma pesquisa de intenção de votos que será divulgada nesta sexta-feira. Trata-se do trabalho da Consult, que foi contratada pelo jornal Correio da Paraíba.

Em seguida, revelou que a coligação já está questionando judicialmente a pesquisa. O problema é que, supostamente, os nomes de quatro candidatos teriam ficado de fora do questionário, o que teria sido percebido por uma pessoa ligada aos candidatos da coligação, entrevistada pelo instituto.

Félix Araújo Neto não declinou o nome da empresa, mas o blog apurou que a coligação “Campina Grande ideal” protocolou na segunda-feira (17) uma ação junto à 16ª Zona Eleitoral, pedindo para ter acesso ao questionário da pesquisa Consult. O requerimento foi deferido pelo juiz Cláudio Antônio Xavier.

----------
Atualização (21h34):

Recebemos informações atualizadas explicando que a coligação "Campina Grande ideal" também solicitou acesso aos dados do instituto 6 Sigma. Acontece que a denúncia de que no questionário de uma pesquisa não constaria os nomes de quatro candidatos não confirmou qual seria o instituto. Como só estavam sendo realizadas coletas de dados pela Consult e o 6 Sigma, a coligação pediu acesso ao questionário das duas empresas.

Quanto à reclamação de que dados teriam sido antecipados a um dos grupos políticos da cidade, trata-se mesmo dos números da Consult.

Para reprodução, leia o Aviso Legal, na barra lateral do blog

Nenhum comentário

.