Barra da Santana: Justiça indefere registro de candidatura a prefeito de Joventino de Tião

O empresário Joventino Ernesto do Rêgo Neto, o Joventino de Tião (PSC), teve seu pedido de registro de candidatura a prefeito de Barra de Santana indeferido pela Justiça Eleitoral. Joventino, que é irmão do prefeito de Queimadas, Carlinhos de Tião, e do deputado estadual Doda de Tião, é candidato pela coligação “Unidos para crescer”, que conta ainda com PDT, PT e PMDB.

A sentença, prolatada pelo juiz Edivan Rodrigues Alexandre, titular da 62ª Zona Eleitoral, acatou ação de impugnação interposta pela “Coligação Barra de Santana no rumo certo”, segundo a qual Joventino não tem domicílio eleitoral na cidade em que pretende disputar a eleição majoritária. O prefeitável não teria conseguido comprovar a existência de vínculos com o município de Barra de Santana. A transferência do seu domicílio de Queimadas para Barra foi negado pelo TRE.

Joventino de Tião deverá recorrer. Além dele, outros dois candidatos pediram registro para concorrer à prefeitura de Barra de Santana. Anninha Ludgério (PSB), da coligação “Barra de Santana no rumo certo”, tem em seu arco de alianças PP, PTB, PR, PPS, DEM, PRP e PSD. Ela é filha do deputado e secretário estadual Manoel Ludgério e da vereadora campinense Ivonete Ludgério.

Também está na disputa o professor David Abílio Barbosa, candidato da Coligação "Renova Barra de Santana", que conta com o PRTB (sigla do prefeitável) e o PSDB. Anninha e David tiveram seus registros de candidaturas deferidos pela Justiça Eleitoral.

Nenhum comentário

.