Fábio Maia: "Eu sou o indicado pelo PSB"

O professor Fábio Maia, presidente da comissão provisória do PSB em Campina Grande, em conversa com o blog afirmou que o partido já decidiu: é ele o indicado para vice do prefeitável Romero Rodrigues. “Marcamos uma reunião partidária. Todos os atores políticos que fazem parte estavam convidados, confirmaram que iriam e não participaram”, explicou o dirigente. O “ator” ausente, no caso, foi a vereadora Ivonete Ludgério, que também disputa a indicação da legenda para a composição majoritária.

“Eu me desincompatibilizei do cargo no governo porque houve uma orientação da executiva de que era importante o partido ter opções, mas que a decisão da comissão provisória seria respeitada. A comissão (que tem sete membros) se reuniu. Houve cinco votos em favor do meu nome. Eu me abstive e o outro voto seria o da vereadora Ivonete Ludgério. Logo, não foi uma decisão de A ou de B, mas do PSB municipal”, assegura Fábio.

O dirigente acredita que a indicação do seu nome não dividirá os socialistas. “Não tem o menor cabimento divisão no partido. Até porque o partido se posicionou. Agora, é lógico que, em toda a decisão, muitas vezes as pessoas que têm suas vontades contrariadas têm todo o direito de se posicionar. Mas, isso não significa dizer que não há um encaminhamento da parte do partido”, comentou.

E completou: “Política é feita com avaliação, pensando primeiro não na conjectura individual, mas numa que seja boa para o PSB. Não interessa a conveniência de algumas pessoas. Interessa o que é bom para o PSB”.

Fábio Maia trata a manifestação de Ivonete como legítima, mas acredita que pode agregar mais ao projeto encabeçado pelo PSDB. “Você deve ter um candidato a vice que traga algo que o candidato a prefeito não tem. Se você traz do mesmo grupo, com o mesmo tipo de eleitorado, por mais que seja alguém que tenha voto, é o voto que o outro já tem. Você não está integrando valores, não está somando possibilidades”, apregoou.

O socialista ainda acredita que se Ivonete fosse para a disputa majoritária prejudicaria o partido na proporcional.  

Nenhum comentário

.