Vereador de Piancó condena instalação de unidade da UEPB no Serrotão e propõe título de persona non grata para Marlene Alves

Imagem: reprodução
O vereador Pádua Leite (PT), de Piancó, garante que vai apresentar, durante a sessão de amanhã na Câmara daquele município, uma proposta para concessão do título de “persona non grata” à reitora da UEPB, Marlene Alves de Souza Luna, a quem o petista classifica como “irresponsável”.

Pádua, que é famoso por declarações intempestivas, mostra-se indignado porque a UEPB resolveu abrir uma unidade no interior do Presídio do Serrotão, o que, para ele “é uma ofensa ao Vale do Piancó”, que há muito tempo pleiteia a instalação de um campus na região.

“Por mais pioneira que seja a decisão da reitoria da UEPB, a notícia causou-me indignação, pelo fato de se dar prioridade a 1.600 apenados e preterir uma região que tem uma população de 130.000 habitantes”, reclama o vereador em seu blog.

Em seguida, ele acusa a reitora de ser um obstáculo à implantação do campus na região, e não mede palavras. “Eu mesmo, na condição de vereador, irei apresentar amanhã na Câmara Municipal de Piancó o Título de ‘persona non grata’ à irresponsável reitora Marlene Barros, que tem sido o maior obstáculo ao sonho de todos os cidadãos do Vale do Piancó de aqui se implantar um campus universitário”.

Opinião

A reivindicação da população do Vale do Piancó é justa e legítima. Assim como a de outras regiões do Estado. Entretanto, não se pode comparar a implantação de uma unidade que atenderá 1600 pessoas a um campus que abrange uma população de 130 mil habitantes, conforme os números do próprio vereador. O investimento necessário, óbvio, é incomparavelmente maior.

Além disso, é deplorável a falta de compostura de um representante público que, na busca de embasar um raciocínio furado, sem pé nem cabeça, no qual mistura alhos com bugalhos, agride grosseira e gratuitamente a reitora de uma universidade pública. Esse, sim, é um comportamento totalmente irresponsável e digno de total repúdio.

Para ler o texto do vereador, clique AQUI

Um comentário

Anônimo disse...

Esse cara não sabe o que diz

.