PT aciona conselho de ética contra “infiéis” que permanecem no governo Veneziano

Em reunião, no último dia 22, os membros da executiva do Partido dos Trabalhadores de Campina Grande resolveram aceitar um pedido para a instalação de um processo disciplinar contra os petistas detentores de cargos comissionados na gestão do prefeito Veneziano Vital do Rêgo. A menos de um mês, o diretório também adotou o mesmo procedimento para o atual presidente da legenda, Alexandre Almeida, diante dos ataques a alguns petistas, por não aceitar o desfecho da aliança PT/PP.

Ainda permanecem nos cargos: Tico Lira, que é presidente da Amde, Éder Rotondano, que comanda o programa Fome Zero, Ana Cleide Rotondado, Gerente da Mulher, Gustavo Pontinneli, Coordenador de Turismo, Flávia Maria, coordenadora do Centro de Emprego e Renda e João Batista, coordenador do Orçamento Participativo.

Conforme o secretário de organizações, Sérgio Bandeira, foi estabelecido o prazo até 11 de maio para que os detentores de cargos comissionados na PMCG fossem entregues, já que o que o PT formalizou com o PP, uma aliança no último encontro de tática eleitoral da legenda.

“ Agora, a comissão terá 30 dias para apurar a continuidade deles, distoando da decisão partidária. Eles podem ser acionados regimentalmente por ações de expulsão do partido. Isso vai depender do parecer da comissão. É importante lembrar que foi dada a oportunidade de se licenciar do PT”, enfatizou Bandeira.

Ele lembrou que o Encontro de Delegados do PT, realizado no último dia 22 de abril. é legitimo e soberano para definir os rumos do partido no âmbito do município. “ Naquele instante, o partido formalizou uma aliança com o PP com a maioria ampla dos delegados presentes, dissociando-se da aliança com o PMDB, lembrando que a executiva, mesmo antes do encontro já havia deliberado por unanimidade a entrega dos cargos ao governo municipal,” pontuou.

Ainda na reunião, a executiva decidiu que o Vereador Laelson Patrício deve exercer uma postura de independência na Câmara Municipal de Campina Grande a partir deste momento.

Ascom PT-CG

Nenhum comentário

.