Se a questão é “questões”, Ivonete Ludgério avisa que já está reformulando requerimento para ida do Sintab à Câmara

A vereadora Ivonete Ludgério (PSB) informou, no início da noite de ontem, que vai reapresentar o requerimento que propõe a realização de uma sessão especial para que o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab) discuta uma série de novas pendências entre a prefeitura e os servidores.

Em contato conosco via Twitter, a parlamentar cutucou a bancada majoritária, que reprovou o requerimento alegando que a justificativa de que a sessão tinha como objetivo “discutir questões entre o Sintab e a prefeitura” era vaga. “Já mandei fazer novo requerimento especificando os principais assuntos para discussão. Vamos ver até onde vai a marcha à ré”, comentou Ivonete.

Ontem, o vereador Cassiano Pascoal (PMDB), primeiro a se apresentar contra o requerimento, garantiu que, se o texto for adequado, votará favoravelmente.

A verdade é que a bancada majoritária deu um tremendo passo em falso. Ao reprovar o requerimento com base numa suposta inexatidão, deu munição aos oposicionistas, que agora podem explorar o fato de que as portas da Câmara foram fechadas para os servidores. O que fica de destaque é isso, e não se uma palavra era a mais adequada ou não.

Além disso, os governistas apenas adiaram a ida do Sintab à Casa de Félix Araújo, porque nem todos os vereadores estarão dispostos a novos desgastes com o funcionalismo municipal. Aliás, é preciso perceber que, a despeito da relação insalubre entre Napoleão Maracajá, presidente do Sintab, e o Palácio do Bispo, quem mira no sindicato acerta nos servidores.

Nenhum comentário

.