Prevendo perda de mais um aliado em Campina Grande, peemedebistas começam a atacar o PT

A possibilidade de migração do Partido dos Trabalhadores para a base da deputada estadual e prefeitável Daniella Ribeiro (PP), conforme informação antecipada pelo blog esta semana, começa a provocar alvoroço nas hostes do PMDB. Nada ainda foi resolvido, mas alguns peemedebistas já começaram a fustigar o PT.

Os ataques tiveram início através do microblog Twitter. O vereador Cassiano Pascoal, filho da pré-candidata Tatiana Medeiros, repercutiu, através do chamado Retweet, comentários que classificam uma eventual aliança dos petistas com Daniella como “traição” e “pilantragem”.

Cassiano também criticou o suplente de vereador Perón Japiassu. “Após tantas declarações públicas de apoio, a traição. Tristeza e decepção ainda não definem meus sentimentos”, comentou, relembrando antigas declarações de apoio de Perón ao prefeito Veneziano Vital do Rêgo.

Já Flávio Romero, ex-secretário de Educação do Município e pré-candidato a vereador, avaliou a aproximação entre PP e PT como “deslealdade”. Até o comedido superintendente da STTP, Salomão Augusto, deu Retweet na declaração de um internauta que afirmou que “por atitudes desleais como esta é que o PT no Estado nunca conseguiu crescer”.

É só o começo. Esperem para ver - e ouvir.

Nenhum comentário

.