Hermano Nepomuceno desiste de candidatura a vereador e deve deixar o PT

Ex-secretário executivo do prefeito Veneziano Vital do Rêgo, Hermano Nepomuceno anunciou, através de nota, que desistiu de sua candidatura a vereador. Na nota, Hermano, que deverá deixar os quadros petistas, critica o rumo adotado pelo partido em Campina, e lamenta o rompimento da aliança com o PMDB. Veja, abaixo, a íntegra do anúncio:

O PT de Campina Grande, em consonância com o grupo hegemônico estadual, aprovou a tática eleitoral de candidatura própria em João Pessoa e Campina Grande. O Encontro de Delegados do último domingo deveria escolher o nome do candidato; mas isto não aconteceu.

A opção aprovada foi o apoio ao PP e o rompimento com a gestão municipal, compartilhada com o PMDB, e da qual o PT participava, intensamente, desde o início de 2005.

A aliança PT/PMDB é de caráter estratégico nacional e tem garantido a governabilidade das gestões dos presidentes Lula e Dilma. Na Paraíba, esta aliança vem sendo renovada a cada processo eleitoral desde 2002 e, em Campina Grande, desde o 2º turno de 2004. Creio que o sentido estratégico da aliança PT/PMDB se projeta como importante, tanto no planto nacional, como no plano estadual, até 2014.

Abandonada a tática, aprovada anteriormente, da candidatura própria, a opção pela candidatura do PP e a ruptura da aliança estratégica em nossa Cidade, conduz à postura oposicionista (da noite para o dia) ao governo do Prefeito Veneziano.

Participei, desde o início, juntamente com o PT, da construção e do desenvolvimento desta gestão municipal. O projeto de uma candidatura minha a vereador não é uma iniciativa individual, e deveria ser fruto de um projeto político coletivo e com coerência programática.

Portanto, nesta conjuntura, não vejo mais condições políticas e de coerência em apresentar e manter uma candidatura com um discurso ético e claro ao povo Campinense.

Campina Grande, 23 de abril de 2012

Hermano Nepomuceno

Nenhum comentário

.